16/03/2016 | 08h20 - Publicado por: Assessoria CRO-PI
Odontologia Estética: mais qualidade para a saúde do cidadão

A Odontologia visa sempre à saúde do cidadão, como um todo – este é o seu principal objetivo. Para isso, existem várias áreas de atuação e especialidades que contribuem com a qualidade da saúde bucal da pessoa. A Odontologia avança, cada vez mais, em estudos científicos e descobertas na busca da qualidade no profissionalismo, no tratamento e no atendimento. Todos os dias novas tecnologias se associam à área.

Segundo o cirurgião-dentista, Sérgio Vieira, prof. Titular da Disciplina de Dentística do Curso de Odontologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), a Odontologia Estética vem sendo praticada desde os primórdios do tratamento dentário, mas com os materiais disponíveis, com os níveis de exigência e padrões culturais da época.

As pessoas estão associando a Odontologia Estética a um “sorriso bonito”. De acordo, com o professor Vieira, a Odontologia Estética está presente em todas as especialidades, desde a saúde coletiva, buscando a preservação do natural até procedimentos mais invasivos como implantes e próteses totais.  “Por que um sorriso bonito envolve mais do que dentes brancos, como, por exemplo, saúde psicológica, composição da face, lábios e uma série de detalhes que precisam ser discutidos caso a caso” afirmou o especialista.

Dr. Sérgio ainda afirmou que a Odontologia Estética e a saúde bucal andam juntas. Deve-se devolver saúde e função, concomitantemente com a estética. “Caso contrário, não teremos resultados duradouros”, disse. Alguns exemplos merecem um comentário, como nos casos de crianças submetidas ao clareamento dental. Os dentes de pacientes muito jovens tem a polpa muito volumosa, pois estão em desenvolvimento e o clareamento pode causar danos irreversíveis ao paciente. Ou com o assunto da moda, lentes de contato, que tem uma série de limitações e estão sendo usadas indiscriminadamente. A Odontologia Estética sabe que dentes mais brancos e maiores devem ser acompanhados de saúde e função.

Em relação aos cuidados que a pessoa precisa ter para realizar esses tratamentos estéticos, o cirurgião-dentista alerta que o melhor cuidado é procurar profissionais capacitados nas áreas de escolha. E como fazer isto?  Por exemplo: Solicitar os diplomas ou checar nos Conselhos de Odontologia se o profissional é registrado.

Quanto à preocupação das pessoas apenas com a “beleza” dos dentes e que fazem qualquer coisa para aderir ao “modismo”, Dr. Sérgio alerta que existe muito “modismo” divulgado pela mídia e lembra que antes de qualquer decisão o melhor é conversar com um bom profissional. “Ele pode explicar as indicações, contraindicações e limitações de cada caso. Em biologia 2+2 podem não ser 4, cada indivíduo é único e muitas vezes o que está na moda pode não ser a melhor opção para aquela pessoa”, afirma o CD que é Mestre e Doutor em Dentística e Especialista em Dentística e Radiologia.

Fonte: CFO

 

ANIVERSARIANTES DO DIA
ANATALIA RODRIGUES DE ABREU
GARDENIA MARIA COSTA DE SOUSA
GUSTAVO PARENTE DA ROCHA
JOSE DE CARVALHO MELO NETO
CRO NO INSTAGRAM
CRO NO TWITTER

Rua Desembargador Freitas, 1571 - Centro - Teresina/PI - CEP.: 64000-240

Contato: (86) 3222-8817 / 3221-5469

Email:  cropi@cropi.org.br

Conselho Regional de Odontologia do Piauí

Horário de Atendimento
Segunda à Sexta
08h00 às 17h30